A revista Robótica é parceira da SPR

Home

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

Caros sócios da SPR,

Na última Assembleia Geral foram eleitos os novos Órgãos Sociais da Sociedade Portuguesa de Robótica. A eleição ocorreu por unanimidade dos votos expressos. A Sociedade Portuguesa de Robótica tem vindo a afirmar-se na sociedade portuguesa, e também a nível internacional, como uma instituição com capacidade para promover, diretamente ou através dos seus sócios, eventos e iniciativas que muito contribuem para os seus objetivos estatutários que são o desenvolvimento da robótica em Portugal. A nova direção apresenta-se com a perspetiva de continuar (e melhorar) o bom trabalho realizado nos órgãos sociais da SPR nos últimos mandatos.

Pretende-se continuar o esforço realizado anteriormente para reforçar o papel da Robótica enquanto forte nicho de investigação e desenvolvimento tecnológico em Portugal. No seguimento da gestão promovida pelas anteriores comissões diretivas, a discussão e o debate de ideias serão promovidos sempre de uma forma ampla, aberta e frontal. Neste sentido, será estimulado o envolvimento de todos os sócios nas iniciativas e ações da SPR.

A SPR tem tido nos últimos anos sucessos assinaláveis, tais como as várias edições do Festival Nacional de Robótica (FNR) e o Encontro Científico associado (ICARSC), ou a consolidação da Conferência Ibérica de Robótica (ROBOT). Estes continuarão a ser os eventos principais da sociedade e terão todo o apoio da nova direção da SPR.

A atratividade do FNR para as empresas das áreas envolventes continuará a ser reforçada através da disponibilização de espaços de demonstração a preços reduzidos, promovendo uma mini-feira de Robótica em que estão disponíveis as componentes científicas, competitiva e empresarial, com o intuito de proporcionar um contacto personalizado com o grande público. Será dada uma atenção particular ao incremento da participação de equipas nas competições júnior que, tal como no caso das provas sénior, muitos prémios têm obtido a nível internacional. Neste caso em particular, será incentivada a realização de “competições de entrada”, para permitir uma mais fácil participação no FNR às equipas com pouca experiência na área da robótica. Será também equacionado o lançamento de provas vocacionadas para o ambiente industrial, de forma a procurar aproximar a SPR do tecido empresarial.

O Encontro Científico do FNR, ICARSC, ganhou nas últimas edições grande autonomia relativamente à parte competitiva do FNR. O nível de internacionalização mantém-se elevado, tendo a edição de 2019, à imagem das dos últimos anos, o estatuto de conferência IEEE e indexação em bases de dados reconhecidas, e publicação dos melhores artigos numa revista indexada pelo ISI. Pretende-se que o ICARSC continue a melhorar e a reforçar o seu estatuto de conferência científica internacional de topo na área da robótica autónoma e de competições. Também em relação à Conferência ROBOT se pretende incentivar as cooperações com a nossa congénere espanhola de modo a consolidar e promover a sua internacionalização e atratividade.

A SPR continuará a apoiar o BotOlympics, Micromouse, Micro-Rato, RoboParty, Robô Bombeiro e RobôOeste, assim como outros eventos competitivos, científicos ou educativos ligados à robótica que decorram em Portugal neste período. A nível internacional, a SPR continuará a apoiar o RoboCup e outras competições robóticas, nomeadamente através da presença de membros da SPR nos comités técnicos e organizativos dessas competições. A SPR prosseguirá também a sua cooperação com a sua congénere espanhola (SEIDROB), na organização das próximas edições da Conferência Ibérica de Robótica (ROBOT’2019 e ROBOT’2021).

Os Prémios SPR Melhor Tese Doutoramento, SPR Melhor Dissertação de Mestrado e SPR Transferência de Tecnologia têm tido uma participação assinalável e, graças ao trabalho dos vários júris, têm ganho visibilidade e reconhecimento. Estes prémios continuarão a ser atribuídos, e os seus regulamentos vão ser revistos tendo em vista introduzir melhorias.

A SPR tem promovido a colaboração com a Associação Portuguesa de Controlo Automático (APCA), com a sua congénere espanhola SEIDROB e com organizações internacionais como o RoboCup, IEEE, entre outras. Estas relações prosseguirão e serão reforçadas, potenciando o desenvolvimento de novas atividades e o estabelecimento de novos benefícios para os sócios da SPR.

A SPR, através dos seus órgãos diretivos, promoverá o estabelecimento de protocolos de cooperação quer com entidades do sistema educativo e científico nacional, bem como com empresas do tecido industrial português para quem a robótica possa representar uma mais-valia ou uma área central de atividade. Neste âmbito, procurar-se-á promover protocolos de colaboração com centros de formação espalhados pelo País para promoção de ações de formação em robótica, dirigidas a professores e alunos do ensino básico e secundário, distribuídas pelo País, ao espelho do que já foi efetuado no mandato anterior com assinalável sucesso.

A SPR pretende servir de elemento aglutinador da comunidade robótica em Portugal. Serão assim prosseguidos esforços no sentido de alargar os benefícios para os associados da SPR, bem como captar a adesão de novos sócios e recuperar ex-sócios. Está em fase de estudo um regulamento interno para oficializar a oferta de quotas aos sócios que colaboram em atividades da SPR, nomeadamente nos júris dos prémios, na organização de provas do FNR, na organização do ICARSC, e na organização do FNR.

O estabelecimento da comunidade faz-se também através de uma boa comunicação com esta. É assim extremamente importante que os sócios tenham acesso fácil e conhecimento atempado das atividades desenvolvidas. Essa comunicação deve realizar-se, em primeiro lugar, através do site da SPR e do email, mas também através das redes sociais, nomeadamente das páginas Facebook da SPR e do FNR.

A participação de todos os sócios é essencial!

P’la Comissão Diretiva

Manuel Silva

(Presidente da Comissão Directiva)